O presidente da República, Jair Bolsonaro, elevou o limite do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de R$ 500 para R$ 998.

O aumento foi oficializado com a sanção, com vetos, nesta quinta-feira (12), em Medida Provisória (MP) assinada por Bolsonaro que fixa novas as regras do FGTS. 

A medida provisória foi aprovada pelo Senado em novembro. Com a sanção presidencial, a medida é convertida em lei.

Todo trabalhador que tiver saldo de até esse valor na conta vinculada ao fundo de garantida tem direito a sacar os R$ 998. 

Para o trabalhador com mais de R$ 998 na conta, o limite de saque por conta segue sendo de R$ 500.


Fonte: Renova Mídia

Deixe seu Comentário